Finalmente o mês de Janeiro chegou ao seu fim, nele fazemos um mês que o Japonesque Divas existe mesmo o nome tendo mudado e eu mudar tanto de plataforma durante um ano e está na hora de conferir o que teve de melhor nesse mês. Sendo sincero com vocês o TOP 10 INTEIRO DEVERIA SER DO ÁLBUM DA ASAKO TOKI, mas para não deixar fan bases enfurecidas e dizerem que estou colocando minha diva no pódio (sendo que eu conheci essa mulher nesse álbum, mas né), eu fiz algo para o bem da lista das melhores músicas de Janeiro: Evitar flood de quem lança música boa (que coisa irônica), só album track que receberem mais de 80 (músicas muito boas) entraram dentro da lista, menos que essa nota foram ignoradas. Enfim, segue abaixo meu Top de Janeiro:

1. Asako Toki – Rain Dancer 
2. Utada Hikaru – Boukyaku feat. KOHH
3. CHARAN-PO-RATAN – Otakebi 
4. Asako Toki – Blue Moon
5. Asako Toki – Fancy Time
6. Awesome City Club – Kon’ya Dake Machigai Janai Koto ni Shite Ageru
7. Little Glee Monster – Catch me if you can
8. Asako Toki – Valentine
9. BAND-MAID – Don’t you tell ME
10. Little Glee Monster – Hop Step Jump!
11. Asako Toki – PINK
12. BAND-MAID – Puzzle
13. Suiyoubi no Campanella – Ikkyusan
14. PASSEPIED – Oishii Kankei
15. BAND-MAID – Moratorium
16. Perfume – TOKYO GIRL
17. E-Girls – FASCINATION
18. ZAQ – Last Proof
19. Eri Kitamura – Revolution【re:i】
20. CHARAN-PO-RATAN – Tsuki
21. Maaya Uchida – Moratorium Dance Floor
22. Anly – Kara no Kokoro
23. Nakata Ysutaka – Crazy Crazy (featuring Charli XCX & Kyary Pamyu Pamyu)
24. PASSEPIED – Mayday
25. Faint★Star – Wonder Trip
26. Ryuko Shaka – Bitter
27. Kanoe Rana – Hitomishiri
28. FLOWER – Monochrome
29. CHARAN-PO-RATAN – Susume, Tama ni Nigetemo
30. Kyary Pamyu Pamyu – Harajuku Iyahoi

REPESCAGEM:

31. Leo Ieiri – Sorezore no Ashita e
32. CHARAN-PO-RATAN – Kanashimi
33. Sayaka Shionoya – BELIEVING
34. pukkey – Hold your pride
35. Megumi Nakajima – Watashi no Sekai

SOBRE O TOP:

Representando o clube das véias temos aí Asako Toki que lançou o melhor álbum que o j-pop pode oferecer, “Rain Dancer” representa o lado mais eletrônico do álbum, porém ele não aposta em EDM genérico, trás um clima mais experimental e alternativo, soando bem fora da curva para o que esse seguimento trás aí. Utada também marca presença, fiquei na dúvida de qual dos três lançamentos dela entrariam no top, o remix, a participação com uma banda que ela produziu a música ou o vídeo de “Boukyaku“, e fiquei com a última opção devido ao fato da canção ser a mais ousada das três e pelo clipe ser provavelmente o mais sombrio dela. Awesome City Club recebe as honras de entrar na lista dos dois minutos extras do segundo tempo junto com a Ryuko Shaka, ambas as faixas são eletrônicas, a primeira soa mais pegajosa e agressiva, além de ter uma produção mais coesa, enquanto a Shaka soa como uma white aegyo feito no Japão, e realmente é uma boa pedida. Representando o time do rock temos BAND-MAIDPASSEPIED e Eri Kitamura, o que há de mais importante a ser destacado é que cada uma das três apresentam um som característico, fazendo com que o top soe mais diversificado, parabéns a todas por abrilhantarem esse mês. E-Girls apresentaram faixas boas, mas a que mais se destacou foi “FASCINATION” que estava no lado POP (que irônico, meu Deus! @_@), a música se destaca por ser algo que as meninas ainda não haviam apresentado, diferente das duas inéditas do lado COOL. Na categoria pop ainda temos CHARAN-PO-RATAN que trás uma das canções creme de la creme com “Otakebi“, e também temos as meninas do Little Glee Monster que trazem duas faixas para o top, ambas exploram músicas mais old school, sendo “Catch Me If You Can!” um pop jazz perfeito. Retomado ao setor eletrônico tivemos Perfume com o agradável “TOKYO GIRL” que não trás muita novidade para as meninas, mas mantém elas no caminho certo, também surge o duo que tem uma sonoridade semelhante as cheirosinhas, as Faint★Star que trouxeram “Wonder Trip“, apesar da posição ser “baixa” acredito que ela tem potencial, se houvesse um vídeo talvez estivesse mais bem colocada. E Nakata volta aparecer com duas músicas com a Kyary Pamyu Pamyu com “Crazy Crazy” que tem a Charli XCX, o clipe não ajudou a canção em absolutamente nada, mas que bom que a música funciona sozinha. Já “Harajuku Iyahoi” não tem muito haver com a Kyary, mas há de convir que foi seu melhor single desde da música do Ninja. O setor de anime songs foi proveitoso tivemos a ZAQ lançando a melhor música para um anime e a Anly que fez com algo semelhante ao que YUI fazia em sua época de ouro, o saldo é positivo. E no final da lista destaque para a Kanoe Rana que é uma artista que começou no YouTube e ela conseguiu fazer um folk kawaii mais despojado e até lançou um rap na música, dando muito certo.

SOBRE A REPESCAGEM:

Leo Ieiri lançou uma balada agradável, mas que infelizmente não é nada muito diferente do que o mercado japonês oferece, é boa, mas não marcou Janeiro como as demais acima. Nem há o porquê de justificar a saída de uma música das meninas do CHARAN-PO-RATAN, mas só pontuando é um cover do Mr.Children com um ar bem francês classudo. Sayaka é fofa, doce e encantadora, eu esperava vê-la no Top30, mas acabou que muitos lançamentos surgiram e empurraram ela para baixo, porém vale a ouvida tem um teor meio anos 2000. E falando em anos 2000, quem fez um álbum R&B nessa onda foi a pukkey que apresentou “Hold your pride” com toda sua sensualidade e poder. Quem fecha a repescagem é Megumi Nakajima com uma anime song legalzinha, mas que não foi a melhor ou tão fora da linha, então ela acaba ficando bem abaixo, mas se curte o estilo, vale a ouvida.

SOBRE JANEIRO:

Eu não esperava muito para esse mês que todo mundo sabe que é onde atos mais fracos se lançam pois a concorrência é bem menor e tem menos lançamentos, mas sua última semana foi uma chuva de lançamentos e onde mais artistas surpreenderam e fizeram com que a lista ficasse bem rica e variada. É um mês onde cada seguimento brilhou e teve seu lugar ao sol, todas as faixas etárias também apresentarem boas canções e não há o que reclamar, a j-music realmente se mantém muito interessante e acredito que os próximos messes prometem.

Anúncios

4 comentários em “JAPONESQUE JUKEBOX: Músicas – Janeiro’17

  1. 01- Ta bom de segurar esse fogo e não trocar mais de nome, nem plataforma. WordPress is rei!
    02- Achei que pra apenas um mês de blog, o teu blog tem ido muito bem até parece o debute do Black Pink KKKKKKKKKK já chegou com perfect all kill. Parabéns!
    03- Gostei do video, ficou bem interessante.
    Eu achei que janeiro foi bem caloroso até, mas do que foi no kpop por sinal… acho que como vc comentou acima, foi surpreendente.
    https://somaisumaleatorio.wordpress.com/

    Curtido por 1 pessoa

      1. Eu também gosto do tumblr, até porque é mais flexivel com questão de layout…mas acho que pra quem gera conteudo como nós, o tumblr não supre tudo que precisamos, eu me sinto mas confortavel aqui. Já o tumblr acho mas legal pra fandom de fotos.

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s